Blog

SOCORRO, O BARULHO DO MUNDO ME SUFOCA

SOCORRO, O BARULHO DO MUNDO ME SUFOCA

      O barulho do mundo tem atravessado as paredes das casas. Nos últimos meses, ouço gritos de socorro, manifestados de diversas formas, isso porque alguns estão incentivando o medo, terror e a maldade, enquanto outros, mais serenos e evoluídos, tentam apaziguar e solucionar.

       A atmosfera está poluída. O ar que respiramos é insuficiente para manter a motivação em alta. O peso do caos emocional sufoca valentes e esperançosos. As pessoas de bem, que lutam para evitar a proliferação do mal, estão tendo suas casas invadidas pelos gritos da ignorância. Os muros e paredes, não abafam mais a insensatez e a falta de equilíbrio emocional daqueles que nunca investiram em aprimoramento pessoal.

     A história mostra seres humanos tratando a coisa pública e a administração da vida coletiva, sem nenhum princípio ético.

     Os gritos que ultrapassam os muros e as paredes dos sensatos, são provenientes dos que jamais se interessaram em saber qual é a relação de causa e efeito, tão pouco, sobre a interrelação das almas.

     É preciso lembrar que a humanidade reside em uma única casa, sendo assim, o que se faz e como se faz, afeta os demais residentes. A terra oferece doses generosas de vacinas contra a maldade humana, mas boa parte, evita vacinar-se, preferem poluir e pesar o ambiente. O prazer de prejudicar é maior que o prazer de auxiliar.

    As paredes que gritam o fazem por cansaço. Elas clamam por evolução humana. 

    Somos um só, apesar de haver uma diferença imensa de evolução, entre nós. Tenho consciência que a evolução espiritual, psicológica e emocional ajuda o planeta a não sucumbir à ignorância, porém, disseminar a maldade, mentira e crueldade é um ato de covardia que afeta profundamente a todos.

    A sabedoria emocional e espiritual precisa de ajuda. Estamos sendo atingidos no que há de mais importante para cumprirmos nossa missão de amar, prosperar e cuidar. Os gritos da ignorância, dos que historicamente assaltaram nosso país, precisam mudar o alvo. É preciso que gritem por ajuda pessoal ao invés de assaltarem os sonhos das pessoas de bem.

    Eu sei que as almas deles estão dilaceradas e amarguradas. Silenciar e evitar o barulho, fará o planeta liberar a energia do amor.        Quem estiver fazendo algo prejudicial, está cavando um destino pesado e amargo. 

    Consciência limpa, amor no coração, respeito pelo planeta e seus habitantes, positividade, interesse pela evolução, prosperidade para todos, incentivo a harmonia, benevolência, crescimento emocional e também financeiro, serão a vacina.

     Sejamos fortes, mantemo-nos em oração e meditação, mesmo nos momentos mais difíceis. As paredes precisam de ajuda. O morador é responsável pelo que deixa entrar. Expanda seu silencio no amor assim, sentirá a energia e a autoestima se agigantar.

    Vem comigo, preciso da sua ajuda, pois, nem sempre estou forte o suficiente.

    Juntos, podemos elevar o estado de serenidade e silenciar o tormento externo, toda vez que as paredes gritarem.

http://www.irleiwiesel.com.br

http://Irlei Hammes Wiesel - Palestrante

https://bit.ly/336c33s


Newsletter

Receba novidades da palestrante Irlei Wiesel em seu e-mail

© 2015. Irlei Wiesel. Todos os direitos reservados.